palavras do Guruji

Dani na estrada

viagens pelo mundo afora e pelo universo dentro de mim.



"Você não precisa viajar a um lugar remoto para buscar a liberdade; ela habita seu corpo, seu coração, sua mente, sua Alma. A emancipação iluminada, a liberdade, a pura e imaculada felicidade estão a sua espera, mas você precisa escolher embarcar na jornada interior para descobri-las."
B.K.S. Iyengar em Luz na Vida

11 de novembro de 2013

Caixa de Viparīta Karaṇi


Da série de postagens sobre os acessórios para a prática de Iyengar Yoga, no mês de Novembro do calendário 2013 “Body is my first prop” (O corpo é meu primeiro acessório), B.K.S. Iyengar fala sobre Viparīta Karai Box. A seguir, a tradução livre.

A aparência do āsana pode ser perfeita, todos os critérios preenchidos, cada ponto abordado, mas a comunicação interna, a circulação e a consciência precisam de atenção mais cuidadosa. Muitas vezes quando o chamado “āsana correto” é alcançado, os estudantes tendem a tornar-se complacentes e começar a ignorar a essência do āsana, pensando que podem voluntariamente “realizar a postura”.

Complacência e ignorância são assassinos silenciosos da sādhanā. O estudante deve ser extremamente ciente de ambos.

Setu Bhanda Sarvāgāsana é um āsana muito benéfico. Eu poderia ficar nesse āsana por 10 a 15 minutos. Porém, alguns não podiam ficar independentemente na postura nem por dois ou três minutos. No banco, a intensidade ficava faltando. Então, comecei a refletir sobre como a postura poderia ser feita com suporte, ainda sendo efetiva, fiel ao valor inerente da postura. Em meu corpo entendi que, quando a região dos rins era suportada por minhas mãos e arqueava, a postura mostrava eficácia.  Portanto, projetei a Caixa de Viparīta Karai, a princípio para Setu Bhanda Sarvāgāsana onde os rins devem manter-se arqueados na caixa.

Um novo pensamento pode ser vago no início. Tem-se que ser paciente e atento para desenvolver a idéia inicial em algo. Eu refinava os props a cada passo, às vezes descartando o produto completamente e começando do zero novamente.

Percepção, sensação, observação e sabedoria devem ser refletidos em tudo que se cria.



Novembro 2013 do calendário "Body is my first prop"



Foi pensando em Setu Bhanda Sarvāgāsana (foto P&B do livro "Light on Yoga"), que Iyengar desenvolveu o Viparīta Karaṇi box (foto acima)

6 de novembro de 2013

Dançando pra Shakti

A noite de 11 de Outubro na Shālā Rosa foi iluminada pela apresentação de dança de Estelamare Santos. Juntos louvamos as diversas manifestações do poder feminino durante a celebração do Festival Navaratri. Confira algumas das fotos de Ana Sardinha e Dani Santa Rosa.