palavras do Guruji

Dani na estrada

viagens pelo mundo afora e pelo universo dentro de mim.



"Você não precisa viajar a um lugar remoto para buscar a liberdade; ela habita seu corpo, seu coração, sua mente, sua Alma. A emancipação iluminada, a liberdade, a pura e imaculada felicidade estão a sua espera, mas você precisa escolher embarcar na jornada interior para descobri-las."
B.K.S. Iyengar em Luz na Vida

27 de fevereiro de 2014

A grande noite de Shiva


Mahashivaratri (Maha = grande, Ratri = noite)

Mahashivaratri, a grande noite de adoração a Shiva, é celebrada no 14º dia da metade escura do mês Phalguna (Fev./Março). É um festival muito popular na Índia. Os escritórios do governo e a maioria do comércio fecha para que a população tenha o dia de folga e que possa fazer a vigília noturna para Shiva.

De acordo com os Puranas, durante a grande agitação mítica do oceano chamada Samudra Manthan, um pote de veneno emergiu das águas agitadas. Deuses e demônios ficaram aterrorizados pois o veneno poderia destruir o mundo todo. Eles pediram ajuda a Shiva que bebeu o veneno mortal mantendo-o em sua garganta. Isso fez com que ela ficasse azul e desde então Shiva passou a ser chamado também de Nilakantha, o que tem a garganta azul. Shivaratri celebra esse evento no qual Shiva salvou o mundo.


Selecionei uma outra versão dos Puranas, traduzida livremente aqui do sensacional livro “7 Secrets of Shiva” (7 segredos de Shiva), de Devdutt Pattanaik.

“Um dia, Vishnu chamou Devas e Asuras para baterem Amrita, o néctar da imortalidade, do oceano de leite. Durante esse exercício o oceano vomitou muitos presentes maravilhosos reivindicados pelos Devas, Asuras e por Vishnu. Finalmente o oceano cuspiu vastas quantidades do veneno conhecido como Halahal. Ninguém quis o veneno. Então, todos rezaram para Shiva, o crédulo eremita, e imploraram a ele que recebesse o veneno. Shiva aceitou sem problema algum, pois ele não vê diferença alguma entre Amrita e Halahal. Sendo o Senhor do yoga, somente Shiva tem o poder de digerir tão terrível veneno.
Shakti, por outro lado, ficou brava com a maneira como Shiva foi  tratado. Sendo uma esposa protetora e preocupada, ela espremeu o pescoço de Shiva e não deixou que o veneno passasse além da garganta. O veneno deixou o pescoço de Shiva azul, e é por isso que ele ficou conhecido como Nila-kantha.”

Acredita-se que todos que pronunciam o nome de Shiva durante o Mahashivaratri com devoção pura são libertos de todas as ações negativas. Ele ou ela alcançam a morada de Shiva e são libertos dos ciclos de nascimento e morte.



Om Namah Shivaya

आँ नमः शिवय







10 de fevereiro de 2014

Promoção e novidade na Shala Rosa



Pensando em melhorar sua saúde, qualidade de vida e ainda incentivar seus queridos a tocar a vida com mais plenitude? Venha praticar yoga na Shala Rosa e traga amigos e familiares!

Trazendo para praticar familiares próximos (filhos, mulher ou marido), eles recebem 10% de desconto em todas as mensalidades.

Ao trazer amigos, primos, namorados e afins, você e eles têm desconto de 15% na 1ª mensalidade do plano escolhido.




E tem mais: a partir de 12 de Fevereiro, as aulas das manhãs de 4ª e 6ª feira passarão a ser das 7h às 8h30. Comece seu dia com a maior disposição!





Para mais informações entre em contato comigo pelo e-mail dani@shalarosa.com.br ou através do site www.shalarosa.com.br 

*ilustrações do Iyengar Yoga Institute of New York. Para mais, veja o post Yoga nas férias neste blog.