palavras do Guruji

Dani na estrada

viagens pelo mundo afora e pelo universo dentro de mim.



"Você não precisa viajar a um lugar remoto para buscar a liberdade; ela habita seu corpo, seu coração, sua mente, sua Alma. A emancipação iluminada, a liberdade, a pura e imaculada felicidade estão a sua espera, mas você precisa escolher embarcar na jornada interior para descobri-las."
B.K.S. Iyengar em Luz na Vida

24 de setembro de 2008

Dois em um

Dois dias inteiros em uma única postagem.
Ontem fizemos um programinha bem turístico e agradável: American Museum of Natural History de manhã e começo da tarde e depois uma volta no Central Park. Uma verdadeira delícia!

Todo mundo quer aproveitar o final do verão e começo do outono. Não está fazendo um baita calor, mas tem feito dias lindos, ensolarados.

Hoje fui praticar novamente no IYAGNY, Iyengar Yoga Association of Greater NY e foi muito bom! Logo na entrada encontrei uma conhecida que pratica comigo no Surya — maior coincidência! Ela também está passando uma semana na cidade e resolveu dar uma olhada no Instituto local — bem na aula que fui fazer... Tudo bem que o horário (às 10h) é ideal para quem está de férias, mas mesmo assim, achei bem legal!
Fizemos aula nível II com um professor chamado Lindsey Clennell. Foi uma aula bem diferente e curti bastante, poucos asanas, todos restaurativos, longas permanências. Ficamos 10 minutos em Sirsasana e 10 em Sarvangasana na cadeira (as posturas invertidas sobre a cabeça e sobre os ombros), sempre tentando tirar toda a tensão da região da cabeça, mesmo nas invertidas (!) e focar no momento presente. Saí bem feliz!!!!!!
Só não lembrei de fotografar a sala de pratica e todos os props como eu tinha prometido pra Carlini (puts coleguinha, eu já estava de sapato fora da escola quando lembrei de fotografar...).

Mais tarde, demos um passeada pela 5ª Avenida, pegamos o metrô e fomos para Wall Street e Píer 17 (outro ponto bem turístico).

E eu não podia sair de lá sem uma foto com os cabelos ao vento bem posada! hihi

23 de setembro de 2008

yoga X shopping

De manhã fui praticar no Iyengar Yoga Institute NYC. A Ana me acompanhou até a porta do prédio que fica no Chelsea, na 22nd Street entre a 6th e a 7th Ave. O estúdio fica no 11º andar e na porta apenas um interfone sem nada escrito. Esperei um pouco e quando alguém saiu do prédio aproveitei para entrar. Quando esperava o elevador, abri a porta para outra praticante, que como eu, estava lá pela 1ª vez. Subimos juntas. Fiz uma aula (1h30, U$ 20) com a professora Ivonne DeKock, Intro 2, bem gostosa! Engraçado que suei bastante, e não costumo suar. Devia ter umas 15 pessoas na sala e um homem com aparência de indiano ficou a prática toda fazendo anotações. Fizemos posturas em pé, vários Parsvottanasanas, com coluna côncava e Paschima Namaskar, fizemos parada de mão (Adho Mukha Vrksasana), Salamba Sirsasana e Salamba Sarvangasana (as invertidas sobre a cabeça e ombros). A única coisa chata foi saber que a fundadora da escola, a Sênior teacher Mary Dunn, faleceu há poucos dias. Senti um clima meio esquisito na portaria na hora de pagar pela aula — também, não é pra menos!
A tarde fomos na B&H (34th Street com 9th Ave). A loja é um verdadeiro shopping de eletrônicos. No caminho encontramos um fotógrafo de cinema brasileiro conhecido nosso. Ele tinha chegado de manhã e ia voltar no mesmo dia pro Brasil! Veio para comprar um monitor profissional. Eu tinha ido a B&H há 11 anos, durante minha primeira vinda a NYC. Na época, a loja já era referência no mercado de fotografia, vídeo e filme profissionais, mas levei um susto quando cheguei. São dois andares, vários departamentos, milhões de pessoas de todas as partes do mundo comprando.
Tem um esquema de esteiras rolantes que transporta as mercadorias, dentro de caixas verdes, das diferentes sessões até os clientes, que é impressionante. Parece uma linha de produção. Vendedores judeus ortodoxos, negros e porto-riquenhos... Uma verdadeira torre de Babel! Amei!

20 de setembro de 2008

Stella

Estou completamente apaixonada pela Stella, filha da minha amiga Maria. Ela acabou de ir deitar: são 21h30 e a gente estava assistindo Sitio do Pica-Pau Amarelo na movie night da Stella. Passamos o dia juntas: ela, a Maria, a Ana e eu. Fomos almoçar em um restaurante japonês especializado em noodles, o Soba-ya, na 9th Street. Conhecemos o Victor, um mexicano que trabalha lá há 4 anos e deu um show cortando a massa do macarrão com precisão e muita velocidade.
Comemos um monte! US$ 82, com cada uma comendo um prato (inclusive a Stella), bebidas (chá e água) e uma sobremesa (pudim de arroz com tofu, uma delícia!), + taxa e tip.
Depois pegamos o metrô rumo ao Norte. Fomos até o Guggenhein Museum para ver uma exposição da artista francesa Louise Bourgeois (US$ 18 para os adultos, crianças não pagam). E foi muito divertido!

Pegamos um daqueles fones de ouvido com os comentários sobre as obras e a autora. Adoro o trabalho dela e foi muito bacana rever o fantástico Arco da Histeria (peça que eu adoro!). Amei a série de “Cells” e uma peca grande em mármore branco chamada “Cumul I”. A Stella ouviu tudo atentamente, via primeiro do que a gente os números das obras para ouvirmos os respectivos comentários e vinha nos contar. Virava e mexia, ela perguntava para a mãe alguma coisa sobre uma obra e fazia um comentário. É importante lembrar que a Stella só tem 5 anos!
Saímos de lá no final da tarde, o sol já estava baixando.


Em casa, preparamos pizza com uma massa comprada no supermercado, tipo de restaurante que tem que ser amassada e aberta na hora: mãe e filha literalmente botaram a mão na massa (hihi). Estava muito gostosa também!

Soho

Meio dia. Saímos para dar uma volta a pé. Três quadras, estávamos no Soho. Muita gente na rua, muitos turistas, lojas e restaurantes, cafés...
Primeiro fomos devolver a garrafa de vidro de suco verde que minha amiga estava tomando: US$ 2 pela devolução do recipiente vazio na lojinha que vende produtos e vitaminas naturais. Passeamos um pouco, nossa amiga nos mostrando o caminho que faz todo dia de bike para ir até o trabalho. Paramos para almoçar em um restaurante macrobiótico delicioso, o Souen, na esquina da Springs com a 6th Ave. Sentadas na frente de uma vitrine enorme que dá para rua, bem típica de restaurantes e cafés em NY, comemos muito bem. Eu me acabei com um curry de legumes delicioso e arroz integral em um bowl a parte. Maravilhoso e super bem servido! Gastamos, as três, quase US$ 70, com a taxa e a gorjeta incluídas. Demos uma passada pela Broadway, apinhada de gente! Entramos na Levis, vimos vitrines. Paramos na Apple, uma loja de dois andares na Prince, cheia de gente comprando, acessando a internet dos computadores de lá, fazendo perguntas. Em um auditório, uma moça dava as dicas sobre o I-phone.
Por agora, não tem fotos, mas prometo que vou tirar umas hoje e posta-las mais tarde. até.

19 de setembro de 2008

NY












Já estamos em NY! Faz apenas algumas horas que o avião da JAL desceu no aeroporto internacional JFK. A viagem foi muito agradável!!! Um dos melhores vôos internacionais da minha vida! Consegui dormir bem gostoso, quase direto! A comida vegetariana estava bem honesta, o serviço ótimo! Adorei, parece que é por isso que os vôos da JAL são tão concorridos. Os japoneses são mesmo muito ligados no detalhe: para não incomodar o sono do passageiro, na hora de servir a comida, eles colam uma aviso de que a comida já foi servida, mas que a dele está quentinha esperando para quando ele acordar.
No aeroporto, pegamos um taxi e viemos direto para casa da nossa amiga em Manhattan: deu um pouco mais de 1 hora para chegar, mas o dia está lindo, ensolarado com poucas nuvens e a viagem foi boa também.

11 de setembro de 2008

Gayatri Mantra

Este mantra é super poderoso e na voz de Deva Premal e Miten fica ainda mais lindo! Eles vem para o Brasil no final do ano e encerram a turnê, que passa por Floripa, Rio e Brasília, aqui em SP, no dia 5 de novembro. Marco Schultz do Simplesmente Yoga também está organizando um retiro com a dupla em Maresias — que delícia! Mais informações no site http://www.devapremalmiten.com/events_home.htm

10 de setembro de 2008

missão cumprida



ficamos com 6 carros no estúdio! 3 da chamada família fox (fox, cross fox e space fox) e 3 da linha polo (modelo hatch e sedan), todos prata, novinhos! sei tudo o que é feature dos carros e estou adorando! estava feliz no estúdio, mais feliz agora que essa etapa da filmagem terminou: 6 dias direto não é moleza, cansa pra caramba! é gostoso também a sensação de missão cumprida... pelo menos, por enquanto.

7 de setembro de 2008

merengue

entramos mais uma vez em estúdio, desta vez serão 6 diárias. hoje é a 5ª e acabamos de almoçar. que delícia! a gente demorou para almoçar, a comida estava ótima... e a sobremesa, então, maravilhosa!
estamos dando um tempinho para definir o próximo plano e posicionar a câmera. estou bem cansada...
acordei cedinho, antes do despertador tocar. acordei de um sonho. eu estava correndo, ou indo correr. o engraçado é que eu não corro nunca, mas acordei com uma vontade de praticar yoga, precisando mexer o corpo e meditar um pouco. depois de 4 dias bem cheios, sem praticar, o corpo é o primeiro a reclamar: senti dores no joelho e nas costas. mesmo bem cansada, acordei pilhada, tomei um banho bem gostoso e fiz 3 asanas (adho mukha svanasana com o rope set na parede, sirsasana e supta baddha konasana). fiz também 110 abdominais para ver se queimo a barriguinha que estou acumulando nesses dias de sobremesas deliciosas na filmagem em estúdio.